1. Desce o Sol atrás dos montes,
E a tarde já chegou.
Calma e quieta vem a noite,
Mais um dia terminou;
Já se foi com sua luta,
Logo a negra noite vem,
Mas é doce a lembrança:
Perto está o lar de além.

CORO: Perto do lar, perto do lar,
Perto, sim, do lar dos Céus!
Desse tão lindo lar
Com fontes de cristal,
Do país do eterno Deus.

2. Mui cansado o peregrino
Quer do dia ao fim chegar;
Do labor, que é tão penoso,
Outra vez vai descansar.
Tal a vida, neste mundo,
Que havemos de passar,
Mas as sombras nos relembram:
Perto está o eterno lar.

3. Mais um dia na viagem
Para a casa paternal;
Já mais perto está o rio
Do país celestial.
A cidade já refulge,
Vislumbramos seu fulgor;
Cada vez mais perto estamos
Do glorioso lar de amor.

Incorrect video?