Quem gosta da folia e adora uma noitada
Mesmo que a barra pese sempre dá uma escapada.
A mulher fica em casa com o serviço e a mulecada
E o malandro no buteco só por conta da gelada.

Refrão
E o tempo passa, ele se esquece
E nesse pique sempre amanhece
Desce mais uma a saideira
E esse papo a gente ouve a noite inteira.

Se o tempo está quente ele dá sua mancada
Passa logo no buteco pra dar uma refrescada.
Mas se o tempo está frio a situação não é mudada
Passa logo no da esquina pra dar uma esquentada.

Incorrect video?